Clarinetista, compositor e professor

Alexandre Fracalanza Travassos nasceu no Rio de Janeiro em 1970 e mudou-se para São Paulo em 1980 onde começou a estudar clarinete na Escola Municipal de Música de São Paulo e posteriormente na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. Entre seus professores estão Rafael Caro, Leonardo Righi, Otinilo Pacheco e Sergio Burgani. Durante seus anos de estudo, Alexandre tocou na Camerata Paulista,  Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo e na Orquestra Experimental de Repertório.

Seguindo uma antiga paixão, Alexandre começa a atuar como  compositor autodidata,  escrevendo suas primeiras composições para instrumentos solo e pequenos grupos de câmara. Posteriormente teve aulas com o compositor e regente Aylton Escobar, Douglas Seville, Carla Rees e Patrick Standford. Em 1994, entra como clarinetista na Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, grupo que inspirou sua primeira obra de grande porte: Abertura Dramática, ganhadora do 1° Concurso de Composição para banda sinfônica da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo que a gravou no CD Suite Tropicalleia mais

Galeria de Imagens

Agenda de Compromisso

Notícias

CORREIO SALVADOR Áquiles do MPB4 Maxixe Urbano (Kuarup) é um dos álbuns (o outro é Sinfonia Latina) com os quais a Banda Sinfônica do Estado de São Paulo comemora 25 anos. Referência na leitura contemporânea do repertório para bandas sinfônicas, seu regente, Marcos Sadao Shirakawa, tem os 82 músicos do grupo nas mãos – o […]